A evolução do marketing – parte I

A evolução do marketing parece seguir paralelamente ao desenvolvimento das novas tecnologias, e a meu ver segue um ciclo evolutivo onde o cliente se tornou o centro do negócio de forma ampla, através dos vários canais de comunicação que vem surgindo.

O marketing “boca a boca” nunca foi tão atual como hoje, com o retorno da busca pelo contato direto one to one, e com o cliente como centro dos negócios Customer Centric. Todas essas metodologias, e muitas outras também voltadas para o cliente, se tornarão cada vez mais eficientes em decorrência do uso da tecnologia, como as mídias sociais que propiciaram diferentes formas de se interagir com os clientes.

Essa interatividade quase que instantânea entre empresas e clientes é algo novo para ambos, pois em nenhum momento no passado essa troca foi tão imediata, e vem daí a importância de se ter um bom planejamento de marketing, principalmente por causa das muitas gerações x, y e z que hoje convivem em um único ambiente como o digital. Nesse caso, identificar seu público alvo e interagir com o mesmo da forma correta e pelos diversos caminhos disponíveis se torna necessário para que você consiga entregar a mensagem desejada, e assim criar um relacionamento de qualidade e por um período mais longo de tempo, fidelizando o cliente junto à sua empresa e à sua marca.

Voltando para o departamento de marketing em si, hoje em dia, com a crise politica e econômica, as empresas estão mais do que nunca precisando reduzir seus custos e investir em ações onde possam de alguma forma analisar seus resultados rapidamente, para que não desperdicem seus já reduzidos budgets, e possam mudar de estratégia caso aquela que está em curso não esteja trazendo os resultados desejados. Mais uma vez aí entra a tecnologia, com as ferramentas de medição de resultados, como o Google Analytics, que é muito utilizado para análise de anúncios digitais, podendo ser personalizado para trazer as informações mais relevantes para você, de acordo com as métricas escolhidas.

Pensando no sentido evolutivo do marketing, acredito que estamos ainda no começo da era do marketing digital e que muitas novidades ainda estão por vir. Cabe a cada um filtrar todas essas ferramentas disponíveis para então implementar as que naquele momento serão de utilidade para desenvolvimento da estratégia do seu negócio, tendo o cliente como foco principal.